Ir direto para menu de acessibilidade.
Brasil – Governo Federal | Acesso à informação
Página inicial > Dimensão da Pesquisa, Pós-graduação e Inovação
Início do conteúdo da página

3.3 - Dimensão da Pesquisa, Pós-graduação e Inovação

Publicado: Quarta, 08 de Janeiro de 2020, 16h22 | Última atualização em Sexta, 01 de Maio de 2020, 13h03 | Acessos: 244

 

a)   Não tivemos registro de licenciamento e transferência de tecnologia pelo Instituto, não havendo, portanto, o atingimento da meta;

b)  A Política de Iniciação Científica foi aprovada por meio da Resolução nº 507/2017-CONSUP apoiada por ações de estímulo de esforço próprio dos Campi, sendo hoje 12 Campi que ofertam bolsas de IC como estratégia de estímulo à pesquisa e permanência e êxito dos discentes;

c)   Eventos Institucionais de Iniciação Científica, Tecnológica e Inovação que estavam previstos foram realizados anualmente, como o Seminário de Iniciação Científica, Tecnológica e Inovação (SICTI);

d)  Houve Incentivo à Inovação, evidenciado pela formalização de parceria com 25 empreendimentos solidários por meio da Incubadora do Campus Castanhal;

e)   Houve um aumento na oferta de cursos de Pós-graduação stricto sensu, chegando a 4 cursos ofertados, que, embora não atinjam a meta global de 5 cursos ao final do PDI, havendo a submissão de 4 outros projetos de mestrado e um de doutorado, que não foram aprovados pela CAPES, mostram o esforço institucional de qualificar recursos humanos na Amazônia;

f)   Houve um aumento no número de Campi com oferta de cursos lato sensu. Ao final do período do PDI, já se somavam 15 Campi com oferta desse nível de ensino, representando 26 novos cursos lato sensu ofertados pelo IFPA;

g)  Houve a implantação do Sistema Integrado de Gerenciamento da Pós-graduação;

h)  Houve a implantação da Editora do IFPA, com a publicação de 3 livros provenientes dos Campi de Itaituba e Belém.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página